Em Carta aos presidentes das Conferências Episcopais, o cardeal Roberth Sarah afirma a necessidade de voltar à normalidade da vida cristã, nos locais onde a emergência sanitária provocada pela pandemia o permite: participar de uma Missa pelos meios de comunicação não é equiparável à participação física na igreja.

É urgente voltar à normalidade da vida cristã com a presença física na Missa, nos locais onde as circunstâncias o permitirem: nenhuma transmissão é equiparável à participação pessoal ou pode substituí-la.

É o que afirma o cardeal Robert Sarah, prefeito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, em uma Carta sobre a celebração da liturgia durante e depois da pandemia de Covid-19, intitulada “Voltemos com alegria à Eucaristia!”. O texto, dirigido aos presidentes das Conferências Episcopais da Igreja Católica, foi aprovado pelo Papa Francisco no último dia 3 de setembro.

Vatican News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *