Neste domingo começamos o tempo comum. Em cada domingo teremos um tema essencial para vida do Cristão. O primeiro tema fala sobre as Bodas de Caná. Um convite a cada cristão para encher as talhas de água para que Cristo possa transformar em vinho, ou seja, em alegria, porque o vinho na linguagem bíblica representa alegria, celebração e vida.

Nas Bodas de Caná, ao faltar o vinho, acontecem situações que transformam as relações entre as pessoas. É Maria que se dá conta da falta de vinho. Com ela aprendemos como é importante ter a capacidade de resolver as dificuldades com criatividade, compreensão e se importar com os outros.

Jesus com esse gesto generoso para os jovens noivos revela aos seus discípulos o seu primeiro sinal, como João no evangelho de hoje. A afirmação de Maria: “Eles não têm Vinho” é uma constatação simples que o Judaísmo estava estéril, sem novidade, sem alegria.

Quando Jesus pede aos serventes para encher as talhas de agua, é convite para nós fazermos da nossa vida, da nossa religião, um sentido pleno, de estarmos ligado a Deus, aos irmãos e irmãs, uma alegria profunda.

No primeiro momento Jesus diz a sua Mãe que não tinha chegado a sua hora, porém Maria com seu jeito confiante em Deus, sabe usar de palavras certas e diz que está a sua volta: Fazei tudo o que ele vos disser – Era apenas Jesus que poderia fazer essa ação.

Detalhe: Seis eram as talhas – o número da imperfeição. Mas quando Jesus pede para encher as talhas de água, o símbolo da purificação, da vida nova, do batismo, o milagre acontece, a transformação chega. Ele é capaz de tornar a nossa perfeição em alegria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *