Você está aqui
Home > Palavra do Padre > Corpus Christi

Corpus Christi

Na solenidade do corpo e sangue de Cristo, somos convidados a ser eucaristia, dar- se aos irmãos e irmãs no serviço. Fazer como Cristo fez. Esse é o grande desejo de Jesus quando diz na última ceia: Fazei isto em memória de mim!

Fazer em memória de Cristo é necessário recorda a cada momento o que ele fez. O cristão deveria se pergunta diariamente: o que Cristo faria em meu lugar?

Na segunda leitura São Paulo nos indica que a experiência que temos com a Eucaristia é necessária ser transmitida. É se transmiti com o testemunho, mas também anunciando, falando e revelando a nossa experiência.

Viver a eucaristia, fazer memória de Cristo é antes de tudo uma grande partilha. Aquilo que temos e principalmente aquilo que somos. As pessoas precisam mais de nós do que aquilo que temos ou somos capazes de fazer.

Jesus sempre partilhou o que tinha! Vejamos o evangelho de hoje. As vezes pensamos que não temos nada para partilhar ou que temos é pouco ou sem valor. Mas Jesus com toda a sua sabedoria revela aqueles que estão próximo que é possível e que temos condições para partilhar.

A atitude dos discípulos nos faz pensar em quantas vezes queremos eliminar, excluir aqueles que estão a margem, que são empobrecidos, miseráveis, marginalizados e que se encontram num lugar deserto, sem esperança e vida. Simplesmente porque não dão lucro, só incomodam?

A desculpa dos discípulos: estamos num lugar deserto – sem nada, sem auxilio – com pouca vida.

Mas Jesus orienta ao contrario: Dai-lhes vós mesmos de comer.E os discípulos tinham algo? Sim, eles tinham cinco Pães e dois peixes. Isso foi o suficiente para fazer um milagre, uma transformação.

Peçamos a Jesus que ele nos ensinea partilhar o que temos.  Que não tenhamos a tentação de afastar aqueles que somos responsáveis para um grande deserto.

Publicar comentário

Artigos Similares

Deixe uma resposta

Topo