Você está aqui
Home > Palavra do Padre > Se Alguém me ama, guardará a minha Palavra

Se Alguém me ama, guardará a minha Palavra

A liturgia de hoje nos desafia a um olhar atento sobre três dimensões da vida
comunitária: Fé, testemunho e missão. Todas elas unidas e alimentadas pelo
amor do Cristo.
Na primeira leitura Paulo e Barnabé passaram por dificuldades na comunidade
Cristã, pois havia algumas pessoas que provocavam muita confusão e discussão.
Podemos chamar de pertubação. Tem pessoas que tem a tendência de causar
pertubações na vida das outras. Mas por que isso acontece? Porque elas não
estão em paz, não fizeram a experiência do amor.
Quando guardamos a palavra de Jesus somos capazes de viver em comunidade
e aceitar o desafio de seguir Jesus. O Senhor Ressuscitado espera que cada
discípulo possa ama-lo e guardar a sua Palavra.
É em nome desse amor que ficamos aguardando confiantes a vinda do Senhor,
e trabalhamos constante, dando o nosso melhor, mesmo com os sacrifícios
contínuos. Não podemos esquecer-nos de uma coisa: é através do Espirito do
Ressuscitado que somos capazes de continuar a sua missão. É assim que Jesus
continua agindo no mundo através de nós.
O Evangelho de hoje é um preparação para o Adeus de Jesus com sua
comunidade e prepara cada um deles para viver uma outra relação com Ele
através da presença do Espirito Santo.
É através do Espirito Santo que seremos recordados de tudo o que precisamos
lembrar e fazer. Nesse discurso Jesus fala algo que mexe com a nossa vida: não
perturbe e nem intimide o vosso coração. Jesus conhece cada um de nós e ele
sabe que tem coisas em nossa vida que tira a paz e gera a perturbação.
Jesus ainda diz: Vou, mas voltarei a vós. Sim realmente Jesus volta para nós
principalmente quando estamos “daquele jeito”. A sua presença é infinita e é
por nós.
Que possamos permanecer nesse amor de Jesus e guardar as suas Palavras.

Publicar comentário

Artigos Similares

Deixe uma resposta

Topo